fbpx

A psicologia do Sucesso para consultores e empreendedores!

Você sente que pode realizar muito mais em sua vida, mas não tem certeza de qual é o próximo passo? Então confira essas 5 dicas.

psicologia do sucesso

A psicologia do Sucesso para consultores e empreendedores!

Um abraço a todos os leitores que, mensalmente, acompanham minhas postagens neste espaço. Como sempre, procuro trazer o que há de mais relevante e atual quanto a conteúdos do interesse da comunidade de coaching, mentoria e consultores. Hoje vou me referir a um artigo publicado por Michael Zipursky (sócio de seu irmão Sam na empresa Consulting Sucess®). Michael tem prestado serviços para organizações e líderes em toda a América do Norte, Europa, Ásia, África, Austrália e Oriente Médio em mais de 30 setores, incluindo corporações multinacionais de bilhões de dólares.

Em suas reflexões, ele provoca o leitor com algumas perguntas (e eu reforço o mesmo aqui para meus leitores): Você sente que pode realizar muito mais em sua vida pessoal e profissional, mas não tem certeza de qual é o próximo passo? Você acredita ter algum tipo de bloqueio mental que o impede de se tornar a pessoa que deseja ser? E ele nos dá o caminho: o sucesso e os bons resultados dependem de como podemos melhorar nosso “mindset” (conjunto de valores, crenças e atitudes que, a partir de agora eu adotarei como “formação mental” – é mais explicativo do que simplesmente “mentalidade”).

Para desenvolver sua “formação mental” vale a pena conhecer, e certamente explorar, a corrente de pensamento chamada Psicologia do Sucesso.

A Microsoft é um exemplo de como transformar a formação mental de seus colaboradores, tendo inspirado seu CEO Satya Nadella a descrever o processo no livro Hit Refresh: The Quest to Rediscover Microsoft’s Soul and Imagine a Better Future for Everyone, lançado em 2017. O livro contou com prefácio de Bill Gates e foi distribuído a cada colaborador, tendo como base a drástica mudança na forma de pensar no negócio: de “Nós sabemos o que é melhor para nossos clientes” para “Nós temos que aprender mais com os clientes”.

Michael Zipurky descreve interessante experimento do Dr. Ryan Gottfredson, buscando provar que a “formação mental” é o elemento mais fundamental de cada pessoa, pois é o que organiza sua maneira de pensar, aprender e agir. Obviamente, por conta disso, irá impactar na forma como essa pessoa desenvolve sua atividade profissional e o nível de sucesso. No experimento, dois grupos de pessoas assistiram dois diferentes vídeos, e foram rastreados no seu cotidiano por duas semanas.

O grupo que assistiu ao vídeo tratando sobre como o estresse é debilitante, acabou por ter um nível mais baixo de engajamento, desempenho inferior e pressão arterial mais alta. O segundo grupo – aqueles que aprenderam que o estresse era capacitante – teve um nível mais alto de envolvimento, desempenho superior e pressão arterial mais baixa. Simplesmente, ao identificar o estresse como algo positivo, a pessoa agiu como se fosse verdade, e vice-versa vendo o estresse como negativo.

O estudo deu evidências de que ao dominar a “formação mental” (valores, crenças e atitudes), bem como ao tomar medidas conscientes para melhorá-la, a pessoa tem o poder de escolha do sucesso.

Clique aqui e faça gratuitamente a avaliação criada pelo Dr. Ryan, de forma a conhecer como está o seu nível de “formação mental” (em inglês). Pela avaliação você entenderá melhor porque a adequada “formação mental” é tão essencial para o sucesso. Conhecerá também o seu resultado e poderá identificar como melhorar a sua para transformar a sua vida, o trabalho e potencial liderança. E, depois de ver seus resultados, siga estas cinco dicas de Michael Zipursky para ser um profissional de elite, seja mentor, consultor ou coach:

  1. Tenha o hábito de registrar seu diário. Envolva-se em uma conversa interna positiva, por cerca de cinco minutos. É hábito válido que ajudará a se concentrar no positivo ao invés do negativo;
  2. Quando em uma conversa interna aparecerem pensamentos negativos, procure reverter essa situação e investigue o que tirar de positivo e construtivo;
  3. Para ter mais empatia e envolvimento com um cliente ou colaborador, responda a si mesmo estas perguntas: “Estou vendo essa pessoa como ser humano ou objeto de interesse?”; “Essa pessoa está fazendo o melhor que pode?”; “O que eu posso fazer para essa pessoa brilhar mais?”;
  4. Crie limites saudáveis nas suas relações, pois de nada ajuda ser excessivamente agradável. Ter uma atitude positiva significa respeitar a si mesmo e seu tempo. Encontre um adequado equilíbrio entre focar no sucesso de seus clientes e valorizar seu próprio tempo;
  5. Domine o seu ego: como consultor, mentor ou coach você deseja ter sucesso e ser visto como um especialista. Mas o ego coloca as pessoas no modo de autoproteção. É essencial deixar um espaço suficiente em nossa mente para acatar ideias e opiniões diferentes pois, ao ajudar alguém a conseguir o que deseja ou tem por meta, mais fácil será alcançarmos o nosso progresso.

Finalizando, ao se olhar no espelho, como você responde honestamente estas questões:

  • O que você pontuou na avaliação de sua “formação mental”?
  • Quais áreas de sua “formação mental” você acha que precisam de algum investimento?

Lembre-se que ter uma adequada “formação mental” será a base de seu sucesso, e use nossas dicas alinhadas com a Psicologia do Sucesso para o seu relacionamento futuro com os clientes. Até a próxima postagem!

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre a Psicologia do Sucesso? Então entre em contato comigo. Terei o maior prazer em responder.

Mario Divo
https://www.dimensoesdesucesso.com.br/

Confira também: Você consegue ter “atenção plena”?

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa