Anúncios

A prática da gratidão para ansiedade e depressão

Na atualidade de intensa correria do dia a dia esquecemos de observar e viver momentos que podem causar maior sensação de bem-estar.

Por Fernanda Duran (psicóloga na Carevolution)

Na atualidade de intensa correria do dia a dia esquecemos de observar e viver momentos que podem causar maior sensação de bem-estar.

Não é clichê dizer que na sociedade atual que vivemos abre alas para a depressão e ansiedade. Simplesmente, porque estamos à disposição de momentos de estresse e se quiser percebermos que estamos à mercê destes.

Na ansiedade e depressão a lente da negatividade está sendo intensamente utilizada, o que dificulta visualizar momentos de agradecimento. Contudo, é essencial praticar a gratidão diariamente para que o cérebro seja treinado a captar novas experiência positivas.

No dicionário, a palavra gratidão significa: sentimento de lembrança por um bem recebido = RECONHECIMENTO. De tal modo, a gratidão está relacionada com apreciação de eventos e experiências do dia a dia.

Focar a atenção nos pequenos acontecimentos do nosso dia é o primeiro passo. O que pode ser benéfico para pessoas ansiosas que possuem intensa preocupação com futuro e/ou passado e não conseguem estar no momento presente. Logo, ao notar mais aspectos positivos da vida aumentamos a formação de boas experiências na memória e os pensamentos “catastróficos” começam a perder espaço.

Para que gratidão se torne um hábito é importante fazer o registro das experiências em que somos gratos. Com a escrita fazemos com que o nosso cérebro trabalhe para captação de emoções que causam maior bem-estar.

Diário da Gratidão

Desta forma, a sugestão é realizarmos um Diário da Gratidão que consiste em anotar 3 acontecimentos bons no dia pelas quais somos gratos.

Reserve 10 minutos antes de ir para cama e comece a registrar. É importante que seja feito à noite quando o dia finalizou. Os acontecimentos anotados não precisam ser “ grandiosos”, mas podem ser importantes e pequenos detalhes como por exemplo: o sorriso do seu filho pela manhã, uma comida gostosa no almoço, o canto dos pássaros na sua janela depois de um dia estressante, entre outros. Depois escreva o “Por que isso aconteceu? ”. A ideia é aumentarmos a nossa percepção do momento presente de pequenos detalhes que passam despercebidos no nosso dia a dia.

Afinal, os benefícios da gratidão incluem maior reciprocidade, generosidade humana, empatia, níveis elevados de emoções positivas (alegria, entusiasmo, amor e felicidade), autoconfiança, melhora de sensação de bem-estar ao dormir e nos tornamos mais saudáveis. E para depressão e ansiedade a gratidão pode trazer maior satisfação da vida, facilitando a modificação cognitiva para uma visão mais positiva das situações do dia.

Portanto, ser grato funciona como verdadeiro remédio contra o estresse, permitindo que sejamos mais resilientes e atinja níveis elevados de felicidade.

* Fernanda Duran é psicóloga e palestrante sobre temas em saúde mental.  Estudiosa em temas da Psicologia Positiva, possui experiência clínica com objetivo de promoção de saúde, bem-estar e o florescimento humano. Atua como psicóloga da Carevolution.

 

 

Sharon Feder Author
⚙️ Carevolution
Sharon Feder é formada em Psicologia pela Brown University nos EUA, com especialidade em Estudos Brasileiros e Portugueses pela Brown University e Coach de Saúde e Bem-Estar com Certificação Internacional pela Wellcoaches (EUA). Treinada no Modelo Transteórico de Mudança de Comportamento (ProChange Behavior Systems). Atualmente, é Sócia Diretora na Carevolution Consultoria em Saúde e Bem-Estar, desenvolvendo programas de qualidade de vida e capacitações de profissionais com foco em mudança de comportamento, engajamento e autocuidado.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa