Anúncios

A Medusa de 2020

Ganhar mais dinheiro, emagrecer, passar mais tempo com a família... Por que é tão difícil cumprir as metas de ano novo se as fazemos a cada começo de ano?

1325
1325
metas de ano novo

Começo de ano sempre temos o movimento quase que por instinto de fazer a famosa “lista de metas de ano novo”. Estudar mais, ganhar mais dinheiro, emagrecer, passar mais tempo com a família… Mas por que é tão difícil cumprir essas metas se as fazemos sempre a cada começo de ano?

Assisti a um vídeo do Professor Leandro Karnal, onde ele participa de um episódio do programa Café Filosófico da TV Cultura. Em determinado momento ele diz que olhar para nós mesmos, ou seja, reconhecer nossos fracassos e defeitos como apenas sendo de nossa responsabilidade, é como olhar para a Medusa, pois a sensação que essa responsabilidade nos causa é horrível. E por isso só conseguimos olhar nossos fracassos pelo espelho que reflete a imagem de Medusa, ou seja, nos comparando aos outros. “Eu não sou um bom estudante, mas tem tanta gente pior”. “Não sou um bom profissional, mas tem gente menos competente ainda”. E etc.

Talvez esteja justamente no desconforto de olharmos nossos defeitos e fracassos que se encontre a frustração das metas de ano novo que fazemos todos os anos. Nós sabemos que o ano não será “novo” se nós não formos pessoas novas, com novas atitudes, isso é obvio. Mas o ponto de partida para mudarmos nossas atitudes deve ser a mudança de referência que temos de sucesso e fracasso. Enquanto não sairmos da nossa zona de conforto por existir “alguém pior” do que nós em algo, nunca vamos melhorar em nada, pois sempre existirá esse “alguém pior”. O ponto de referência para comparações não deve ser o quanto bom ou ruim o outro é, mas o quanto bom ou ruim eu fui, sou e posso ser.

Como primeiro texto do ano achei interessante trazer essa reflexão do Professor Karnal para, de algum modo, nos ajudar a realizar as nossas metas de ano novo.

Que este ano mudemos o nosso ponto de referência para sabermos de onde sair e onde queremos chegar!

Beatriz Alves Ensinas
https://www.linkedin.com/in/beatriz-a-3aab77a2/

Confira também: Resiliência: uma qualidade essencial para o relacionamento humano

 

Beatriz Alves Ensinas é Estudante de Direito na PUC-SP, estagiando na área e em São Caetano do Sul, São Paulo.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa