fbpx

A intervenção diária otimista!

Expectativas positivas que uma pessoa tem podem influenciar o comportamento e produzir eventos desejados com resultados melhores, aumentando o bem-estar individual e a satisfação com a vida. Saiba mais em “Dimensões do Sucesso”.

6398
6398

Hoje eu vou me reportar a uma pesquisa interessante que alinha a Psicologia Positiva com o Coaching. Ela foi publicada recentemente no The Journal of Positive Psychology, tendo por autoras Hadassah Littman-Ovadia e Dina Nir. O título do artigo, em tradução livre, é desafiador: Olhando para o amanhã, o efeito de uma intervenção diária otimista.

No estudo, parte-se do princípio de que expectativas positivas que uma pessoa tem podem influenciar o comportamento e produzir eventos desejados com resultados melhores, aumentando o bem-estar individual e a satisfação com a vida. Uma das intervenções mais conhecidas orienta que, todas as noites, a pessoa relacione três bons acontecimentos ocorridos ao longo do dia e considere tentar entender as razões por que aconteceram.

No estudo citado, as autoras tentaram criar uma forma de intervenção otimista autoaplicável, orientada sempre para o futuro e baseada em um exercício que, praticado diariamente, pode reduzir o pessimismo, o afeto negativo e a exaustão emocional. E tudo nasceu de uma constatação: quando se pergunta a alguém “como será seu amanhã?”, a maioria das pessoas, mesmo os otimistas, vai se concentrar na lista de obrigações da casa e do trabalho.

Concentrar-se em tarefas leva a um maior estresse, mais preocupação e negatividade. Uma descoberta interessante do estudo foi a de que, quando os participantes não conseguiam pensar em três coisas positivas esperando por eles no dia seguinte, mentalmente criavam algo desejado que pudesse ocorrer, como se fosse uma âncora para se agarrar. Em consequência, encorajar comportamentos que iniciam eventos positivos contribui para a eficácia da intervenção otimista e, segundo as pesquisas mostraram, serve para diminuir o desgaste emocional e o pessimismo na população adulta.

E o que isso tem a ver com o Coaching?

O seu Coachee naturalmente saberá relatar todas as coisas que ele queria ter feito e não fez. Apesar de não haver razões para minimizar isso como parte do processo, faça um convite a que o cliente se concentre para descrever três coisas boas que experimentou naquele dia e, também, diga por que acredita que essas coisas boas aconteceram. Essa é a chave da conversa Coach-Coachee, o “porque aconteceu”! As experiências negativas, em geral, trazem aprendizados e justificativas, mas quando as experiências são positivas, é fundamental que o cliente entenda que ele contribuiu para isso, e de que forma. Esse esclarecimento crítico positivo aumentará a autoconsciência e a responsabilidade a partir de um ponto de vista diferente, que é o otimismo e a proatividade.

Mario Divo Author
Mario Divo tem extensa experiência profissional, tendo chegado a quase meio século de atividade ininterrupta, em 2020. É PhD e MSc pela Fundação Getulio Vargas, com foco em Gestão de Negócios, Marcas e Design, Marketing e Comunicação Corporativa. Tem formação como Master Coach, Mentor e Adviser pela Sociedade Brasileira de Coaching e pelo Instituto Holos. Consultor credenciado para aplicação do diagnóstico meet® (Modular Entreprise Evaluation Tool), Professor e Palestrante. CEO e Coordenador Executivo das plataformas de negócios MENTALFUT® e Dimensões de Sucesso®, acumulando com o comando da sua empresa MDM Assessoria em Negócios. Foi Diretor Executivo do Automóvel Clube Brasileiro e Clube Correspondente da FIA – Federação Internacional do Automóvel, no Brasil. Foi titular do Planejamento de Comunicação Social da Presidência da República (1997-1998) e, anteriormente, comandou a Comunicação Institucional da Petrobras. Liderou a Comunicação Institucional e a Área de Novos Negócios da Petrobras Internacional. Foi Presidente da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, Diretor da Associação Brasileira de Anunciantes e, também, Conselheiro da Câmara Brasileira do Livro. Primeiro brasileiro no Global Hall of Fame da Aiesec International, entidade presente em 2400 instituições de ensino superior em 126 países e territórios, voltada ao desenvolvimento das potencialidades das jovens lideranças em todo o mundo.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...