A influência da crise econômica na carreira dos jovens brasileiros

Estamos saindo de uma das piores crises econômicas da história do Brasil. PIB está voltando a crescer, mas o desemprego continua alto. E agora?

5813
5813

Estamos saindo de uma das piores crises econômicas da história do Brasil. PIB está voltando a crescer, mas o desemprego continua alto. Fora isso, uma crise política, que interfere ainda mais na economia.

O índice de desemprego no país é de 11,8%, mas a taxa é maior para mulheres, jovens e pessoas com baixa escolaridade. É o que mostram os dados do quarto trimestre de 2017 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada no final de fevereiro.

Os Jovens estão encontrando menos vagas para estagiários, trainees e efetivos. E é justamente no momento em que eles mais precisam de experiência profissional. Muitos estão se formando e sabem que é muito difícil conseguir emprego sem experiência prévia. Muitos, que dependem do próprio trabalho para pagar a faculdade, estão tendo que trancar o curso. O que atrasa a formação e vida desses jovens.

É uma geração inteira que sofre agora e que sofrerá também no futuro. É criado um “círculo vicioso”: os jovens não estudam porque não têm dinheiro e não conseguem emprego por que não têm formação. Essa situação deixará sequelas de longo prazo em suas carreiras. Para isso não acontecer, é preciso que o jovem não deixe de buscar uma formação extra. Há muitos cursos gratuitos, oferecidos na Internet e presencialmente (Sebrae, prefeituras, faculdades…). Seguem alguns sites com cursos gratuitos:

✔️ www.veduca.com.br

✔️ www.coursera.org

✔️ www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos

Os jovens também precisam exercitar o autoconhecimento e utilizar esta fase para conhecer seus valores, propósito e missão de vida. Não é porque estamos passando por uma crise, que eles devem deixar seus sonhos morrerem e, por exemplo, tomar iniciativas como tentar passar em um concurso público sem ter perfil para essa escolha. E se o perfil for de empreendedor? É na crise que se nascem grandes oportunidades! Mantendo o foco e determinação, eles conseguirão ultrapassar este momento de dificuldade e terão carreiras de sucesso.

Paulo Carvalho é Professional Coach Practitioner e Leader Coach pela Academia Brasileira de Coaching, Coach Vocacional pelo Instituto MS Coaching de Carreira e participou do Módulo I da certificação internacional da TIGIS (sendo treinado pessoalmente por Tim Gallwey, o precursor do Coaching no mundo). É Analista de Perfil Comportamental certificado pela Solides. Mentor certificado pela Erlich Pessoas & Organizações e Artemisia Brasil. Com cursos de Liderança na Fundação Estudar, FGV, CERS e SENAC, e mais de 800h em cursos de extensão em instituições nacionais e internacionais. Trabalha atualmente na área de Engajamento da Lee Hecht Harrison, é Coach Vocacional e Palestrante da Academia de Jovens Talentos, Diretor de Jovens Talentos da ABRH-PE, Diretor de Relacionamento e membro fundador da International Coach Federation – Capítulo PE. Já atuou na área de RH de organizações multinacionais e nacionais e é professor de curso técnico. Possui formação técnica em Recursos Humanos e é estudante de Administração na UFRPE. Tem experiência de mais de 300 horas de Coaching individual e em grupo e 65 palestras ministradas, para mais de 2000 pessoas. 17 artigos publicados em sites e jornais e é Colunista do Portal Sucesso Jovem. Possui artigos e resumos científicos sobre Coaching publicados em congressos nacionais e internacionais e 5 prêmios conquistados referentes ao desempenho profissional e acadêmico. É associado da ABRH – PE, SHRM – EUA, Pessoas@2020 – Portugal e ICF Global. Autor do livro “8 passos para acertar na escolha da profissão” – Editora Cia do Ebook.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa



Loading cart ...