Anúncios

6 dicas simples de PNL para você entender as pessoas e ter melhores relacionamentos

Para entender as pessoas e ter melhores relacionamentos devemos primeiramente praticar a alteridade se colocando na visão do outro.

6 dicas simples de PNL para você entender as pessoas e ter melhores relacionamentos.

A personalidade de cada indivíduo é um fator que os torna único. Tal distinção, muitas vezes, causa a impressão de que as relações entre os indivíduos são complexas, visto que, cada um tem sua essência, seu molde, sua forma de pensar e sentir. No entanto, não devemos pensar que nossa personalidade constrói os obstáculos nas relações. Muitas vezes o que acontece é que há particularidades que precisam ser expostas, compreendidas e interpretadas.

Para entender as pessoas e ter melhores relacionamentos devemos primeiramente praticar a alteridade se colocando na visão do outro. A melhor forma de fazer isto, é entendendo melhor como se dá a subjetividade humana.

Pensando nisto, Richard Bandler desenvolveu um método capaz de melhorar as relações humanas, a comunicação e o autoconhecimento, denominada de Programação Neolinguística de Blander (PNL). A PNL é uma teoria baseada no bom uso cerebral. Seu principal objetivo é educar a parte emocional do cérebro humano, e para isto, a PNL produz padrões comportamentais, emocionais, racionais e comunicativos, proporcionando o desenvolvimento pessoal e profissional.

Portanto, se você pretende melhorar seu autoconhecimento, as suas relações pessoais e profissionais, além de manter um pensamento mais positivo ao realizar ações, a PNL pode te ajudar a reprogramar os seus sentidos, facilitando sua habilidade de se expressar e se entender internamente. Vejas agora as principais técnicas de PNL:

1. Observe

Tire um momento do seu tempo para observar o ambiente ao seu redor. Analise as pessoas, as formas como elas se relacionam, e como se comportam, assim, você terá uma maior proximidade com outro, e poderá assimilar nos outros, comportamentos parecidos com o seu. Isto ajudará muito a refletir antes de julgar uma pessoa.

2. Respeite as particularidades dos outros

Tenha o bom senso de que cada indivíduo tem a sua história e experiências, que lhe ajudaram a compor sua personalidade. Cada um de nós tem seus valores, seus costumes, crenças e pontos de vista, por isso procure ser mais compreensível e dê sua opinião de forma que não desrespeite o mundo da outra pessoa.

3. Busque ver a positividade das coisas

Pratique mentalmente a positividade, tente ver o lado bom dos acontecimentos e das pessoas. Assim, você conseguirá desenvolver mais empatia e confiança nos outros.

4. Controle os problemas que te afetam emocionalmente

Problemas como o stress, a ansiedade e a angústia, podem limitar nossa capacidade de interagir e visualizar o que está ao nosso redor. Uma técnica muito boa para se manter emocionalmente controlado, é relembrar momentos agradáveis. Estas espécies de feedback proporcionam um relaxamento mental e corporal.

5. Sem pressão

Busque respeitar o momento de cada pessoa. Entenda que cada um de nós faz o que está ao seu alcance em determinado momento. Por isso, pressionar uma pessoa a fazer o que ela não está preparada para fazer, é um ato grotesco e que fere o outro.

6. Tenha metas

Definir suas metas com clareza, te ajuda e definir quem você realmente é, e aonde você quer chegar, por isto, saiba o que te proporciona felicidade e o que é melhor para você. 

Rui Mesquita
http://www.ruimesquita.com.br

Rui Mesquita Author
Rui Mesquita tem 20 anos de experiência profissional. Sócio Fundador do Instituto Mesquita Coaching, Palestrante, Coach, Vendedor, Professor, Apresentador e Escritor. É Especialista em Comportamento Humano, Gestão de Vendas, Negociação, Formação e Desenvolvimento de Líderes, Treinamentos para Vendedores, Atendimento a Clientes, Formação de Equipes de Vendas, Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Gerenciamento de Processos e Gestão Empresarial. Tem como proposito auxiliar pessoas e organizações a alcançarem as suas metas através do processo de Coaching.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa