fbpx

2020 – O início da virada financeira

Você sabia que o problema não é o quanto se ganha, mas como se gasta? Confira 12 orientações para dar uma virada financeira em sua vida!

como dar uma virada financeira

2020, como dar uma virada financeira em sua vida?

Todo começo de ano são as mesmas promessas: emagrecer, começar a praticar exercícios físicos, brigar menos e, uma que é quase unânime, guardar dinheiro. Infelizmente, tão repetitivo quanto as promessas são os motivos que levam as pessoas a desistirem logo no início do ano, principalmente em relação ao dinheiro, pois os gastos se multiplicam logo após a virada.

Por isso, nesse período é fundamental promover uma “faxina” financeira no orçamento, tentar minimizar esses gastos nos orçamentos e implantar imediatamente a educação financeira, fazendo com que esse problema não se repita.

É preciso diagnosticar a atual situação das contas e decidir o que fazer em 2020, planejando tudo, principalmente os sonhos que deseja realizar. A educação financeira deve acompanhar a pessoa e a família por todos os dias do ano de 2020, 2021, 2022, enfim, por toda a vida, até uma real aposentadoria, que não dependerá apenas do governo e que não proporcionará uma queda abrupta de seu padrão de vida.

É importante saber que é possível estar independente financeiramente, independentemente do quanto se ganha. Isso mesmo, muitos acreditam que não podem se tornar independentes financeiramente por ganharem pouco.

Mas estão enganados. Pela DSOP já passaram pessoas que ganhavam menos de um salário mínimo e tinham reservas para manter o padrão de vida por muitos anos e pessoas que ganhavam salários altíssimos e que estavam endividadas.

Assim, podemos ver que o problema não é o quanto se ganha, mas como se gasta. Mas vamos às orientações para dar uma virada financeira em sua vida:

  1. Registre mês a mês numa agenda, caderno ou de forma eletrônica os compromissos que ocorrerão em 2020 (aniversários, datas comemorativas como: Dia das Mães, Dos Namorados, Dos Pais, Das Crianças, além de compromissos como IPVA, IPTU, matrícula e material escolar, etc.);
  2. Para cada evento é preciso registrar o valor de intenção do investimento e de gasto;
  3. Se tiver prestações já assumidas, você deverá registrar, também, nos respectivos meses;
  4. No começo do ano faça reuniões com a família, inclusive as crianças, e converse sobre os sonhos realizados e os sonhos que querem realizar neste novo ano e também nos próximos;
  5. Para cada sonho desejado é preciso que se registre o quanto custa, o quanto será guardado e em quanto tempo será realizado;
  6. Ter no mínimo três sonhos para cada membro da família (curto até um ano, médio até dez anos e de longo acima de dez anos). Para as crianças os sonhos possuem tempos diferentes: curto até um mês, médio até seis meses e longo até um ano;
  7. Nas famílias brasileiras, em pesquisas já realizadas, foi constatado que existem excessos de despesas de, em média, 20% (energia elétrica, água, alimentação, telefone, etc.). É preciso realizar um diagnóstico financeiro minucioso por categoria de despesa pelo período de 30 dias, incluindo até mesmo o cafezinho e as gorjetas. É dessa forma que você descobrirá para onde está indo cada centavo do seu dinheiro;
  8. Elabore um orçamento financeiro diferente dos últimos anos, que deverá ter a seguinte composição: Ganho (-), Sonhos e (-) Despesas, priorizar os sonhos antes das despesas é o segredo para realizá-los;
  9. Para que a realização dos sonhos seja possível, é preciso poupar (guardar dinheiro) para cada um, respeitando o tempo estipulado;
  10. Tenha bem claro onde investir o dinheiro para a realização dos sonhos (curto prazo –  Tesouro Direto, caderneta de poupança; médio prazo – CDB, Tesouro Direto, fundos de investimentos, e longo prazo –  Tesouro Direto, previdência privada e ações);
  11. Aprenda a comprar apenas o que é realmente necessário e elimine desperdícios. O consumo consciente é importante para todos;
  12. Ajuste sua vida financeira ao seu real padrão de vida, pois de nada adianta ter muitas coisas para ostentar, se o resultado será ter dívidas e um futuro incerto. É preciso ter uma visão clara do que se pode ou não para dar uma verdadeira virada financeira em sua vida.

Reinaldo Domingos
Inscreva-se no Canal Dinheiro à Vista

Confira também: Entenda o risco dos múltiplos cartões

 

Reinaldo Domingos é PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira. Está a frente do canal Dinheiro à Vista, é colunista do de diversos meios de comunicação. Autor de diversos livros sobre o tema, como o best-seller Terapia Financeira e o livro Empreender Vitorioso.
follow me
Neste artigo


Participe da Conversa