Anúncios

2020 – Deuses, estrelas e você no comando

Olhar para trás, com gratidão e reconhecimento, valorizando os aprendizados, ao mesmo tempo que se olha para a frente, com foco e determinação para buscar e encontrar o que é seu.

2020 – Deuses, estrelas e você no comando

2020 – Deuses, estrelas e você no comando

O dia de ano novo do calendário gregoriano, assim como no romano, surgiu através de um decreto de Júlio Cesar, ditador de Roma, em homenagem a Jano (assim surgiu o nome deste mês), o deus dos portões, inícios, escolhas, mudanças e transições, o qual possui duas faces, uma olhando para o futuro e outra para o passado. Nada mais adequado para representar uma troca de ano. Olhar para trás, com gratidão e reconhecimento, valorizando os aprendizados; ao mesmo tempo que se olha para a frente, com foco e determinação para buscar e encontrar o que é seu.

Jano também é um dos mais de setenta satélites naturais do planeta Saturno. Este nome também dado ao deus romano do tempo, recurso fundamental para que possa ser aprendido o que é necessário e colocado em execução o que é preciso, para se chegar aonde é o seu lugar. Agora, o tempo, pode ser abordado por duas diferentes perspectivas, uma relativa ao deus Chronos, como algo inevitável, uma vez que, querendo ou não, cada um de nós terá 366 dias (ano bissexto) em 2020.

A outra óptica é relativa ao deus Kairós, onde fica como responsabilidade de cada de um nós, usar ou não o tempo com qualidade, vivendo experiências que realmente sejam relevantes e significativas.

Em 2020, você vai apenas ver o tempo passar, sentado ao lado de Chronos? Ou irá vivê-lo, de maneira virtuosa e relevante, em companhia de Kairós?

Não importa se você adota o calendário chinês (ano 4716), judaico (ano 5780), islâmico (ano 1442), budista (ano 2564) ou qualquer outro. Sempre haverá um período terminando, e outro começando, mesmo que a data de início destes ciclos seja diferente. Uma passagem de ano pode, caso assim você queira, ser um marco para uma nova oportunidade de começar, ajustar ou continuar a grande obra da sua vida, construindo o futuro que a você pertence. Construção que deve ser pautada na credibilidade, relacionamentos estruturados, planejamento e execução com os pés no chão, com persistência e diplomacia.

Neste ano de 2020, ser consistente com firmeza de propósito, poderá ser a diferença entre quem se manterá firme e em pé, daqueles que cairão. Sonhar com as estrelas, com os pés no chão, abrirá portões para estradas, que são suas, e que já estão esperando por você. Escute não só seu cérebro, mas também seu estômago! Entre em contato com os sinais do seu corpo e da natureza!

Um novo ano pode ser um marco para uma nova vida, nova que sempre é, porém que seja nova na maneira que você quer. Um momento para formalizar ou revisar o seu compromisso com você, àqueles à sua volta e à vida. As mudanças sempre foram uma constante na história da humanidade, apenas com variações de intensidade e velocidade. Elas, em todo o tempo, aos quatro ventos, foram anunciadas e cantadas, como no trecho de música:

Nada do que foi será do jeito que já foi um dia”

(Como uma onda no mar, escrita por Lulu Santos e Nelson Motta, lançada em 1983)

Curiosamente, quatro anos mais tarde, em 1987, com o fim da guerra fria, os escritores Warren Bennis e Burt Nanus utilizavam pela primeira vez o termo “mundo VUCA” (volátil, incerto, complexo e ambíguo), conceito este que para muitos seria algo criado bem recentemente. Para enfrentar este mundo VUCA que estamos envoltos, Bill George, professor de Harvard, recomenda a sua definição de líder VUCA 2.0, com características que poderiam ser adotadas por todos nós, para liderarmos nossas próprias vidas. Se você não liderar a si mesmo, alguém o fará.

O acrônimo de Bill George utilizou-se de outros termos, sendo eles: Vision (visão) Understanding (Entendimento), Courage (coragem) e Adaptability (adaptabilidade). Uma passagem de ano pode ser um momento muito propício para refletir a respeito das transformações que nosso mundo está passando; e qual direção você deve ir. No banco do motorista, do seu carro, obviamente.

Em uma realidade tão instável, mutável e ausente de clareza a respeito de quais serão as regras que regerão o futuro, tudo isso reflexo deste mundo VUCA no qual nos encontramos, a busca por um maior equilíbrio em 2020, pode ser uma das estratégias para manter cada um nós mais calmos, serenos e no controle, de nós mesmos. Este equilíbrio pode ser obtido através de um maior alinhamento com os princípios dos sistemas aos quais já pertencemos, nossos próprios valores, cultivar o certo, a sinceridade, simplicidade e justiça, estabelecendo e cultivando altos padrões de profissionalismo e seriedade.

Ao se propor à construção de um novo mundo para você, lembre-se da importância da família e dos amigos. Aqueles que possuem significado e alinhamento com o que você acredita, ser o certo e o errado para viver. Foque na qualidade, não na quantidade. Eles podem ser um importante pilar de sustentação para quem se compromete com uma jornada pautada na ética. Resgatar, cuidar e fortalecer suas raízes pode ser imprescindível para enfrentar as intempéries da vida.

Conforme for chegando o 1º de janeiro, comece a se preparar para fincar os pés do chão, com vigor, segurança, e confiante em seus objetivos, para que, com firmeza, possa mover-se em direção a execução da sua missão de vida, ou para outros, para o que já está escrito nas estrelas. Lembre-se sempre de olhar para elas, evocando Bahan, a estrela da boa sorte, para que esta ilumine o seu caminho em direção ao SEU destino, com a inspiração e o entusiasmo de quem possui um deus dentro de si!

Alexandre Ribas
http://www.ttisi.com.br

Confira também: A INFORMALIDADE como uma BARREIRA ao crescimento

 

Alexandre Ribas começou a trabalhar com consultoria e treinamento há mais de 20 anos. Atualmente é presidente da TTI Success Insights Brasil e membro do Advisory Council da TTI Success Insights, nos EUA, empresa presente em mais de 100 países. Possui uma vasta rede de contatos, com consultores e coaches bem-sucedidos, em diversos países. No Brasil, através da TTI Success Insights, atende mais de 200 consultores, coaches, palestrantes, treinadores e head hunters, por ano. Também pratica consultoria, através da sua empresa Venko Consulting, a qual teve início em 2002. Empreendedor desde 1998, atualmente possui cinco empresas em atividade. Sua formação acadêmica passa pela Universidade Mackenzie, UFPR, FIA-USP e Harvard. Também possui diversos cursos de formação em Coaching, PNL e desenvolvimento de pessoas. Foi o primeiro brasileiro a obter a formação completa, em turmas abertas, pela então ASTD, em HPI – Certificate in Human Performance Improvement. Possui três livros publicados, sendo eles “Manual Definitivo DISC”, “DISC – tudo o que você precisa saber, mesmo” e “Manual Definitivo Motivadores”. Escreve artigos desde 1998.
follow me
Anúncios
Neste artigo


Participe da Conversa