Você já teve algum cliente biohacker?

Publicado em 12 de março de 2019

Assim com nas postagens anteriores, extensas além do normal por conta dos temas então abordados e pelo grau de cuidado que procurei aplicar em cada texto, hoje o assunto será também bastante desafiador, porém desenvolvido por apresentações de especialistas. Em geral, eu faço sempre referências ou citações para as explicações de profissionais, pesquisadores, cientistas e estudiosos, de forma a garantir consistência e credibilidade, mas o tema de hoje exige uma atenção além do especial.

Em um mundo VUCA, com todas as nuances de volatilidade, incertezas, complexidades e ambiguidades (em que a tecnologia tem uma influência extremamente relevante), a todo o tempo um profissional de qualquer especialidade acaba sendo colocado à prova em sua competência, valores, princípios e ética. E eis que agora cresce globalmente uma prática, a qual pode estar sendo desenvolvida por seu futuro coachee ou mentorado, o que torna necessário que você (coach ou mentor) esteja preparado para se posicionar adequadamente diante da situação, sem julgamentos, de forma a caminhar com seu cliente rumo ao resultado pretendido.

Este preâmbulo nada tem a ver com questões de preconceitos ou pré-conceitos. Está muito mais ligado ao fato de eu querer reforçar que qualquer profissional, de Coaching ou Mentoria inclusive, precisa constantemente ampliar a visão sobre as escolhas do ser humano em suas buscas por felicidade e harmonia consigo próprio. Atualmente, uma das práticas nesse contexto está no Biohacking. Resumidamente, conforme publicado pela BBC News em 5/12/2018, “os biohackers querem que seus corpos e cérebros funcionem melhor a partir do hackeamento de sua própria biologia”. Eu faço a analogia de que essa pessoa busca interpretar e entender um mundo VUCA que está dentro do seu próprio corpo.

Ou seja, o biohacker vê a si mesmo como um sistema complexo e ambíguo, que pode ser explorado para desfazer dúvidas e incertezas pessoais, incluindo a oportunidade de nele fazer experimentos exploratórios (daí a expressão biohacking). A prática tem, como objetivo final, levar ao autodesenvolvimento e a uma autocompreensão mais profunda. Todo o resultado esperado pelo biohacker pode ser definido pela combinação equilibrada de cinco pilares do cotidiano: Dormir bem, para reduzir o estresse; Ter controle mental, para aumentar a produtividade; Melhorar competências profissionais, para ampliar o desempenho; Praticar exercício, para promover a saúde, e; Cultivar a nutrição adequada para o equilíbrio metabólico. E essa busca usa conceitos e inovações tecnológicas que surgem, a cada dia, algumas delas levando a experiências impensadas, até anos atrás (a imagem ao lado foi publicada no evento Biohacker Summit: o microcosmo e o macrocosmo da saúde, Helsinque 2017 – veja o vídeo aqui).

Um livro que ganhou destaque sobre o assunto é Biohackers Handbook, que combina estudos e materiais visuais, lançado por três autores finlandeses para otimizar corpos e mentes neste nosso mundo atual, tanto em nível individual como coletivo. São eles, o especialista em tecnologia Teemu Arina, o especialista em nutrição Jaakko Halmetoja e o médico Olli Sovijärvi, que se reuniram em 2013 para discutir os grandes desafios do nosso tempo: pressão de trabalho e estresse incessante, com suas consequências para a saúde e o bem-estar. O livro foi publicado no início de 2016, voltado para aquela pessoa ocupada que busca encontrar o equilíbrio por mudanças de estilo de vida – por exemplo, através de dieta, intervenções humanas, rotinas de exercícios e gestão do tempo, mas que acaba por voltar sempre ao ponto de início, sem sucesso.

Sovijärvi entende que o fundamento do livro está na promoção do autoconhecimento, pois o significado da vida é reconhecer-se e nunca parar de aprender sobre como se tornar melhor. Para Halmetoja, seu interesse no projeto esteve associado a questões de saúde, resistência física, capacidade mental e, mais importante, como responder a pergunta: o que somos, realmente? Para completar, Arina entende que o desenvolvimento tecnológico tornou possível que cada pessoa possa conhecer a si mesmo de maneira sem precedentes. Várias tecnologias e fontes de informação, anteriormente disponíveis apenas para poucos privilegiados, estão agora disponíveis para todos e a custos cada vez menores.

Para entender melhor sobre os prós e contras da prática do Biohacking, eu sugiro duas referências: um primeiro vídeo explicativo, menos alarmante (se isso for possível, tratando-se de prática polêmica), clicando aqui. Ali se desenvolve uma abordagem de como a ciência tem avançado no conhecimento do corpo humano, ainda que existam pessoas querendo ultrapassar essas fronteiras com a implantação de aparelhos ou chips no próprio corpo. Pode-se perceber que há foco no controle total e natural do corpo. Outra abordagem, que questiona até mesmo aspectos éticos, é mais desafiadora e complementar ao primeiro vídeo (clique aqui).

Após a leitura da postagem e já tendo visto os vídeos, talvez tenha nascido a vontade de conhecer mais a respeito, o que me leva a sugerir o acesso ao sítio https://biohackinglife.com.br/, podendo daí evoluir para outras fontes de informação. Vejam os amigos leitores que, pelos comentários do último vídeo, podemos até supor que muitos seres humanos praticantes do biohacking precisarão de apoio e, muito provavelmente, de um bom coach ou mentor a ajudá-lo nas suas experiências, o que exigirá muitas competências e limites éticos. De minha parte, sempre com a verve provocativa, espero ter atingido o meu objetivo de expor que biohacker é, sem dúvida, descritor de um perfil de cliente potencialmente frequente para os próximos anos. E cada coach ou mentor deverá estar preparado para, sem julgamentos, com ele formar sólida parceria.







banner-busca-coach
Curta nossa Fan Page
Revista Coach Me
Pack Autodesenvolvimento
Twittadas Cloud Coaching
banner-busca-coach
banner-cloud-educacao
banner-pinterest
Depoimentos
"Parabéns pelo feito mais que merecido! Vcs têm trazido informações de qualidade, agregando não só a minha vida profissional, mas tb pessoal. Sucesso!!!"
Juliana Garbossa
"Parabéns para a equipe Cloud Coaching ! Acompanho diariamente os posts."
Luciana Furquim
"Parabéns! O conteúdo tem sido bastante interessante!"
Priscila Vidal
"Parabéns pela ideia. Os conteúdos são realmente muito bons. Que seja uma trajetória de ainda mais sucesso."
Rafael van Emelen
"Muito bom! Parabéns equipe Cloud! Já estou com vocês! Abraços!
Ana Cris Tina
"Cloud... Para já conversarmos: amo seus vídeos de motivação, são injeções de ânimo para a Vida. Parabéns pelo magnifico trabalho!!! Vocês são maravilhosos, postagens magníficas, videos, ah! eu acompanho todos. Tenham certeza absoluta que o trabalho, o empenho de vocês, são motivo de vida para muitas pessoas. Continuarei ouvindo todos que chegarem até minha página SIM e não é um elogio apenas, é o meu Aplauso à dedicação de vocês a nos ajudar a superar os embates que a vida nos apresenta. Me faz um bem danado!!! Que Deus os abençõe sempre e tenham um excelente final de semana!!!
Maria Terezinha Barbieri




FAÇA PARTE DA LISTA
CLOUD COACHING DO SUCESSO!


Por que algumas pessoas têm sucesso e outras não?
Algo de diferente elas têm! Será que elas têm simplesmente sorte?
Faça parte da comunidade de pessoas de SUCESSO e descubra!!!
Mais de 100.000 pessoas já se inscreveram e você?
​Vai ficar fora desta?

Inscreva-se agora mesmo e ganhe uma
Revista Coach Me inteiramente grátis!!!


Por favor, aguarde...



Muito obrigado!!!

Sua inscrição foi realizada com sucesso.
Em breve você receberá no e-mail cadastrado
o link para download de sua
Revista Digital Coach Me!

Um abraço da
Equipe Cloud Coaching
Por favor, preencha corretamente os campos!
E-mail inválido!
Ooops aconteceu um erro, tente novamente!
banner-coachme-

Você que segue nossa fanpage no Facebook não pode ficar fora dessa!
Quer se desenvolver pessoal e profissionalmente, sem deixar de lado sua qualidade de vida? Quer dar um gás na sua motivação e produtividade?
Então baixe agora mesmo o seu examplar da Coach Me e mude sua vida!
Basta clicar na imagem acima e você será redirecionado ao IBA, o portal de revistas digitais da Editora Abril.